Hérnia de Disco em Cães: Como identificar?


Seu cachorro sente dor na coluna? Ele parou de subir na cama ou sofá? Estes podem ser um dos sintomas de hérnia de disco em cães!

A medicina veterinária avançou muito nos últimos anos e em consequência disso, nossos Pets começaram a viver cada vez mais, dando-nos o prazer de passar mais tempo de nossas vidas com eles.

Infelizmente, com o aumento da expectativa de vida de nossos animais, aumentam também o aparecimento de doenças degenerativas, que são aquelas onde o funcionamento normal de do organismo está alterado e que, de certa forma, são comuns em animais mais velhos.

O que é hérnia de disco?

Na neurologia veterinária, a doença degenerativa mais frequente é a doença do disco intervertebral, conhecida popularmente como “hérnia de disco” e pode estar presente em qualquer parte da coluna vertebral onde haja um disco.

Os discos intervertebrais têm como principal função a absorção de impacto e por isso são macios e gelatinosos.

Mas com o passar do tempo, esse disco intervertebral vai se degenerando, ficando mais duro e seco (com um aspecto de giz molhado) e conforme o animal se locomove, esse disco acaba saindo do lugar, dando origem à hérnia de disco.

A hérnia de disco é bem mais comum em cães do que em gatos e costuma aparecer depois dos 5 anos de idade, onde os sinais clínicos variam de dor até a parada repentina do caminhar.

Hérnia de disco em cães tem tratamento?

Hérnia de disco em cães que causa apenas dor e não é tratada, pode com o passar do tempo causar a perda dos movimentos. E tratar um animal que parou de caminhar é muito mais complicado que tratar um animal que sente apenas dor.

Cães que param de caminhar devido a uma hérnia de disco, geralmente precisam passar por um procedimento cirúrgico, que é mais invasivo, mais dispendioso e requer anestesia geral.

Já animais que sentem apenas dor, precisam de analgésicos, antiinflamatórios e repouso absoluto por algumas semanas.

Por isso, é importante identificar o quanto antes se seu cachorro sente ou não dor devido a uma hérnia de disco, evitando assim a necessidade de um procedimento cirúrgico.

Como identificar os sintomas de hérnia de disco em cães?

Quando o animal fica paraplégico (Foto abaixo) ou até mesmo tetraplégico, o proprietário facilmente nota o problema e rapidamente procura ajuda. Mas quando o animal tem apenas dor, por conta de um problema na coluna, como eu identifico esta dor?Geralmente, cães que são mais ativos, evitam brincadeiras que exigem muito esforço, param de subir e descer escadas, sofá ou cama que antes o faziam com facilidade e muitas vezes gritam de dor quando fazem movimentos mais bruscos ou quando são pegos no colo.

Alguns, quando sofrem de hérnia de disco cervical, adotam uma postura chamada de cifose, que é o arqueamento dorsal da coluna e a cabeça baixa (Foto abaixo).A musculatura do pescoço fica rígida, as orelhas ficam para trás e há um tremor intenso nessa região.

É possível notar também que, devido à dor, o cão evita mover o pescoço. Por exemplo, ao tentar olhar para os lados ele tende a virar todo o corpo (como se estivesse com torcicolo) ou quando tentar olhar para cima, ele fica com aquele olhar baixo (onde aparece muito mais a parte branca dos olhos do que de costume) (Foto abaixo).Já em casos de dores mais intensas, seu cachorro pode até parar de se alimentar e também de interagir com as pessoas e outros animais da casa, se escondendo embaixo de camas e outros móveis.

Com o tempo, quando não tratados adequadamente, estes animais apresentam outros sinais de piora como incoordenação, ou seja, quando caminham parecem estar “bêbados”, trançam as patas e começam a ter quedas, até que param definitivamente de caminhar, se tornando um animal plégico.

Os pacientes quando tratados corretamente logo na fase inicial da doença, tem grandes chances de recuperação, mas vale ressaltar que mesmo assim, há risco de recidivas.  Ou seja, mesmo que o animal se recupere, nada impede que num futuro próximo ele volte a ter o mesmo problema em outro disco diferente da coluna.

De qualquer maneira, o mais importante é que você entenda e consiga perceber os sinais clínicos iniciais de uma hérnia de disco e o quanto antes procure a ajuda de um veterinário especialista.

Em se tratando de hérnias de disco, esperar é o pior remédio.


Autor do artigo: Médico Veterinário Dakir Polidoro
Fanpage: https://www.facebook.com/Dakir.neurovet/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *