7 Principais Cuidados com a Pele do Pet no Verão.


Preciso ter cuidados com a pele do meu pet no verão?

Sim! Os cuidados com a pele do pet são essenciais para ajudar a mantê-lo sempre saudável, especialmente na época mais quente do ano!

Os principais problemas que afetam a pele dos animais de estimação no verão estão relacionados com a exposição ao sol, aumento de temperatura e aumento de ectoparasitas.

É nessa época que os raios solares estão mais intensos podendo provocar dermatites solares (Dermatite Actínica) e até câncer de pele nos nossos pets.

Todos os pets sofrem lesões na pele no verão?

Os animais de pele e pelos claros são os mais afetados. As áreas mais acometidas são as regiões sem pelo e menos pigmentadas, como nariz, orelhas, ao redor dos olhos, abdômen…

Os sinais clínicos iniciais são eritema (vermelhidão) e descamação. A exposição contínua poderá levar a dermatites mais extensas e profundas.

Que cuidados com a pele do pet eu devo ter?

O ideal é que esses animais não se exponham ao sol. Mesmo períodos curtos de sol em horários de maior incidência solar já são suficientes para dar inicio à dermatite solar e/ou agravar processos cutâneos já existentes

Mas mesmo com todos os cuidados, muitas vezes os raios solares acabam por agredir a pele dos animais. 

Então, atenção para essas DICAS – Cuidados com a pele do Pet!!!

1) Evitar passear nos horários mais quentes do dia (de 10h as 16hs) e nunca passear com seu pet sob o sol.

Como já disse anteriormente, isso irá evitar que áreas mais sensíveis na pele do seu pet sejam acometidas pelos raios solares.

2) Usar protetor solar é indispensável!!!

No mercado veterinário há protetores solar para venda ou podem também ser manipulados em farmácias de manipulações veterinárias, através de fórmulas receitadas pelo veterinário de seu pet.

Para cães de pelagem longa é mais interessante a manipulação de um protetor solar em apresentação de solução, mais diluído, para facilitar a entrada do produto através dos pelos do animal.

Deve-se aplicá-lo principalmente nas áreas mais despigmentadas do animal (brancas), áreas de dorso, orelhas, nariz e face. Aplique todos os dias nessas áreas sem pelo e no dorso.

Esses protetores solar são produtos atóxicos para cães, por isso não os prejudicam caso eles venham a lamber. Mas para que seja absorvido, tente distrair o seu animal logo após a aplicação.

A frequência de aplicação dependerá da rotina e ambiente em que ele vive, podendo ser aplicado várias vezes ao dia, para aqueles que entram na água ou que vivem em pátio, por exemplo.

Isso garantirá mais uma proteção para seu animal de estimação evitando assim que ele seja acometido por essa doença tão grave, que é a Dermatite Actínica.

3) Tomar cuidado com as mudanças de posições do sol!

Isso é muito importante, pois durante o dia a incidência do sol dentro de casa pode mudar e saber isso ajuda você a evitar que seu pet fique no sol em algum momento que você não esteja em casa.

4) Tomar cuidado com a calçada quente!!

Muitas vezes não nos damos conta que a calçada muito quente pode causar traumas e dermatites nas almofadas plantares dos cãezinhos.

“Luvas de silicone” semelhantes às usadas em mãos de humanos, mas em apresentação para uso em animais, estão disponíveis no mercado pet. São produtos aplicados nas almofadinhas das patinhas dos cães a fim de revesti-las, evitando que o calor do solo as agrida.

Mesmo assim, é importantíssimo que os passeios com seu pet sejam feitos na sombra e em horários de temperaturas mais amenas.

Outros cuidados com a pele durante o verão: 

5) OFERECER MUITA ÁGUA:

Ofereça bastante água fresca para o seu pet, trocando a água de seus potes com mais frequência. 

6) CONTROLAR PULGAS e CARRAPATOS NO SEU PET:

Todo o ano é importante o controle antiparasitário. Os animais protegidos durante todo o ano serão os menos infestados no verão, onde a incidência de pulgas e carrapatos adultos é maior.

Neste período, os antiparasiticidas podem ser aplicados mais frequentemente, conforme orientação do médico veterinário. 

7) CUIDADO COM AS DERMATITES NO SEU PET:

Esse é mais um dos cuidados com a pele do pet que temos que ter! Ressecamento da pele pelo calor, aumento do número de banhos com xampus inadequados e  exposição a areia da praia e mar são fatores que podem levar a sérias dermatites nos animais!Existem diversos produtos que hidratam e protegem a pele e os pelos dos cães e gatos, porém é sempre indispensável que haja a orientação do médico veterinário para indicar qual o mais adequado para o seu pet!


Autora do Artigo: Médica Veterinária Andrea F. Nagelstein – CRMV/RS 7760  Dermatóloga de cães e gatos
Fanpage: www.facebook.com/pelepetdermatologistaveterinario
Blog: www.pelepet.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *